ASPCA resgata mais de 50 cães do terrível moinho de filhotes

Um cachorrinho olha para fora de uma gaiola de arame enquanto outros cachorrinhos clamam ao seu redor.

A ASPCA se uniu à polícia para resgatar mais de 50 cães de uma fábrica de filhotes em Mio, Michigan. O criadouro não tinha licença e estava sendo investigado após denúncias de abuso. O Departamento do Xerife do Condado de Oscoda e o Controle de Animais do Condado de Oscoda ligaram para a ASPCA para ajudar com os cães que apreenderam da propriedade.

Os operadores da instalação mantiveram várias raças de cães em gaiolas de arame que eles empilharam em um porão e currais ao ar livre. As condições eram sujas e a maioria dos cães não tinha acesso a comida ou água. Como nunca foram socializados, muitos dos cães tinham medo de seus salvadores humanos e se encolheram em suas gaiolas, as únicas casas que conheceram.

Vários filhotes se aglomeram em um pequeno recinto.

Agora os cães estão recebendo atendimento médico, alimentação e um abrigo temporário até que os tribunais decidam quem ficará com a custódia deles. A ASPCA também está trabalhando para coletar evidências forenses para ajudar a construir o caso contra os operadores das instalações.



Histórias como essa partem meu coração. Estou tão feliz que haja pessoas para resgatar esses cães e fechar as fábricas de filhotes, mas o fato de que os cães são mantidos nessas condições horríveis para começar é uma tragédia. Espero que a polícia continue fechando instalações abusivas. Sempre adote. Não apoie as operações da fábrica de filhotes indo a lojas de animais.

O que você acha? Você é grato à ASPCA? Furioso com as fábricas de filhotes? Deixe-nos saber nos comentários abaixo.