Cachorro protege companheiro ferido preso nos trilhos da ferrovia por dois dias



Um cão ferido na Ucrânia caiu em alguns trilhos de trem nevados e não conseguiu sair em segurança. Felizmente, a cadela, chamada Lucy, tinha uma companheira que não saía de seu lado. Por dois dias, um cachorro, Panda, ficou com Lucy, aninhado com ela no frio, temperaturas abaixo de zero e se abaixando com ela enquanto os trens passavam zunindo por suas cabeças. Surpreendentemente, eles não foram mais feridos pelos trens.

cães-resgatados-trem-trilhas-panda-lucy-1

Denis Malafeyev, um homem com experiência em resgatar animais locais, encontrou a dupla presa nos trilhos. Com outros resgatadores, eles tentaram se aproximar dos cães, mas Panda era excessivamente protetor e latia, mostrando sinais de agressão. À medida que o trem se aproximava, o coração dos salvadores afundou. Eles sabiam que não seriam capazes de chegar a Lucy a tempo e que arriscariam ser atropelados pelo trem se tentassem salvar os cães. Mas, milagrosamente, os dois filhotes se deitaram nos trilhos, puseram a cabeça no chão e deixaram o trem passar sem causar danos sobre eles.



cães-resgatados-trem-trilhas-panda-lucy-2

Depois de um pouco de trabalho e persuasão, os resgatadores conseguiram a confiança de Panda e tiraram Lucy dos trilhos. Os dois cães foram levados ao veterinário e se aconchegaram um no outro durante todo o caminho até lá. Lucy tinha alguns hematomas, mas estava bem de saúde. A família dos filhotes foi localizada e eles voltaram para casa. Esperançosamente, seus dias de peregrinação acabaram, mas é graças a Panda compartilhar seu calor corporal e ficar de guarda que os dois cães estão sãos e salvos.



O que você faria se encontrasse cães presos nos trilhos do trem que não o deixariam se aproximar? Deixe-nos saber nos comentários abaixo!