Albumina baixa no sangue em cães: sintomas, causas e tratamentos

bulldog francês dormindo na cama

A albumina baixa no sangue em cães, também conhecida como hipoalbuminemia, ocorre quando os níveis de albumina, uma proteína que regula o volume sanguíneo, caem anormalmente. Isso geralmente é devido a uma doença subjacente - geralmente uma que afeta o fígado, rins ou intestinos.

A hipoalbuminemia pode ocorrer quando o fígado não consegue sintetizar proteínas suficientes ou pode ocorrer quando a proteína é perdida na urina ou no sangue. A albumina baixa no sangue em cães pode ser crônica e aparecer gradualmente, ou pode surgir muito rapidamente e resultar em sintomas graves. Também pode afetar cães de qualquer raça, idade ou sexo.



Se você observar sinais de albumina baixa no sangue em seu cão, consulte o veterinário imediatamente para que ele possa encontrar a causa subjacente e iniciar o tratamento adequado.



Aqui está o que você deve saber sobre os sintomas, causas e tratamentos para albumina baixa no sangue em cães.

Sintomas de albumina baixa no sangue em cães

Retrato de um cachorro preto velho e cansado deitado no quintal

Os sintomas de albumina baixa no sangue em cães costumam aparecer junto com os sintomas da doença subjacente que está causando a hipoalbuminemia. Essas condições podem incluir danos ao fígado ou rins ou problemas intestinais, entre outros problemas médicos.



Se você observar os seguintes sintomas de albumina baixa no sangue em seu cão, vá ao veterinário imediatamente:

  • Inchaço nas extremidades (pernas e patas)
  • Vômito
  • Diarréia
  • Fraqueza
  • Dificuldade ao respirar
  • Abdômen distendido ( ascite )
  • Edema generalizado (em todo o corpo)
  • Edema pulmonar (fluido no peito)

Causas de albumina baixa no sangue em cães

Cachorro sem-teto solitário e triste deitado na rua

Existem muitas condições que podem causar albumina baixa no sangue em cães. Isso pode acontecer quando os cães não ingerem proteína suficiente, quando a proteína é perdida por sangramento no intestino ou pela urina dos rins, ou quando o fígado não consegue produzir proteína suficiente.

Aqui estão várias causas possíveis para uma queda nos níveis de albumina no sangue em cães:



  • Desnutrição
  • Má absorção de nutrientes
  • Sangramento forte
  • Feridas escorrendo na pele
  • Queimaduras graves
  • Enteropatia perdedora de proteína (causada por parasitas, gastrite, colite e outras condições)
  • Parvovírus
  • Doença hepática
  • Doença renal (rim)
  • Pancreatite
  • Peritonite
  • Fluido no abdômen
  • Linfoma
  • Sepse
  • Doenças imunomediadas
  • Infecção fúngica
  • Amiloidose
  • Linfangiectasia
  • Doença inflamatória intestinal

Tratamentos para albumina baixa no sangue em cães

veterinário examina pug deitado com estetoscópio

O tratamento para albumina baixa no sangue em cães depende da gravidade e da causa da doença.

Para cães em estado de crise, a hospitalização pode ser o primeiro curso de ação. Em uma emergência, os cães recebem fluidos intravenosos para restaurar a hidratação e os eletrólitos e, se houver um perigoso acúmulo de fluido no tórax ou abdômen, um tubo pode ser inserido para drená-lo.

Podem ser prescritos medicamentos para tratar a doença subjacente. Algumas dessas condições, como gastrite ou colite, são bastante fáceis de tratar e o prognóstico é bom. Outras doenças, como insuficiência hepática ou renal, são mais difíceis de tratar.

Durante a recuperação, um veterinário pode prescrever mudanças na dieta para ajudar a aumentar a albumina e tratar a causa subjacente. Eles também podem recomendar fisioterapia ou mais caminhadas para drenar fluidos e reduzir o inchaço nos membros.

Várias visitas de acompanhamento ao veterinário devem ser feitas para garantir que o coração está funcionando corretamente e o fluido não está se acumulando a níveis inseguros.

O seu cão já teve níveis baixos de albumina? Como o seu veterinário o tratou? Deixe-nos saber nos comentários abaixo!