Cão leal fica ao lado do túmulo do dono por 6 anos

De acordo com La Voz, um cachorro no centro da Argentina tem vigiado o túmulo de seu falecido dono ... nos últimos 6 anos.

Miguel Guzman adotou um cachorro em 2005 para seu filho adolescente Damian. Ele nomeou o Pastor alemão misturar Capitão .



Pouco depois da morte de Miguel em 2006, o Capitão fugiu. Veronica, a viúva de Miguel e Damian procuraram pelo cão, mas temeram que ele morresse e pensaram que nunca mais veriam o cachorro.



Quando os dois foram ao cemitério para prestar homenagem a Miguel, eles encontraram o Capitão de pé ao lado do túmulo de seu antigo dono. O cachorro nunca tinha ido ao cemitério antes - ele encontrou o local e o terreno específico pelo olfato.

“O cachorro veio aqui sozinho e circulou pelo cemitério até (encontrar) o túmulo de seu dono”, disse ao La Voz Hector Baccega, diretor do cemitério municipal de Villa Carlos Paz. “Ninguém o levou lá.



“Todos os dias, às seis horas, vai e deita-se na frente do (túmulo)”, disse Baccega.

O capitão permanece perto do túmulo de seu dono na maior parte do tempo, mas ocasionalmente volta para casa. A equipe do cemitério alimenta e cuida do animal enquanto ele está no local.

Guillermo Bur, um veterinário em Villa Carlos Paz que é especialista em pastores alemães, afirma que o cão rastreou seu dono até o cemitério pelo cheiro.



“Essas raças de cães são treinadas para rastrear pessoas que podem estar presas a 10 metros no subsolo”, disse Bur. Ele também afirmou que é por isso que os pastores alemães são frequentemente usados ​​para resgatar vítimas de desastres como terremotos.

Fonte: La Voz, The Sun