Ansiedade sonora em cães: sintomas, causas e 5 maneiras de tratá-la

cachorro parecendo ansioso

A ansiedade sonora em cães é uma fobia ou forte sentimento de medo em torno de ruídos altos, como sons de fogos de artifício ou tempestades. Isso pode resultar em muitos comportamentos ansiosos ou até mesmo fazer os cães fugirem de medo e se perderem.

Quando crianças pequenas ouvem um barulho assustador à noite, geralmente correm para os pais. A resposta geralmente é algo como: 'Não se preocupe, foi apenas um trovão'. Ou, “Foi apenas um barulho, nada para se temer”.

Infelizmente, para um cão que tem medo de barulho, nenhuma explicação ou consolo ajudará. A ansiedade de ruído é um problema muito comum para cães em todo o país. As estimativas variam, mas algo entre 5 milhões e 15 milhões de cães sofrem de ansiedade por ruído grave o suficiente para que seus donos busquem ajuda.



Se seu cachorro tem medo de ruídos altos, existem opções disponíveis para ajudar a aliviar o estresse.Você deve consultar seu veterináriopara obter um diagnóstico adequado e um plano de tratamento antes de tentar resolver o problema por conta própria.

Aqui está o que você deve saber sobre a ansiedade sonora canina, incluindo sintomas, causas e tratamentos.

Sintomas de ansiedade por ruído em cães

Cachorro assustado deitado em uma cama com a cabeça sob um cobertor

A ansiedade sonora pode resultar em muitos sintomas e ter diferentes níveis de gravidade para os cães.

Na extremidade menos extrema do espectro, o medo do trovão pode apenas causar alguns tremores e agarrar seu humano. Por outro lado, pode causar corrida em pânico, mastigação destrutiva, defecar em ambientes fechados ou até mesmo pular através de uma janela de vidro!

Aqui estão alguns sintomas que podem variar em gravidade com base nos níveis de ansiedade dos cães:

  • Tremendo ou tremendo
  • Ritmo
  • Ofegante ou babando, mesmo sem se exercitar
  • Colocando o rabo entre as pernas
  • Empurrando suas orelhas para trás
  • Os olhos arregalados
  • Apegando-se ao seu humano
  • Escondido ou encolhido
  • Recusando-se a se mover, às vezes ao ponto de parecer catatônico
  • Vocalizações incomuns (latidos, choramingos, etc.)
  • Acidentes com penico, mesmo que um cachorro seja domesticado
  • Comportamentos destrutivos como mastigação , cavando ou arranhando
  • Aparafusando ou tentando escapar de casa ou situação

Alguns pais de animais de estimação nem mesmo estão cientes de que um comportamento indesejado que estão vendo é, na verdade, causado pela ansiedade do ruído.

Por exemplo, seu cachorro fica chateado quando você tira fotos com flash? Isso pode ser ansiedade de ruído! O flash pode lembrar seu cão de um raio, o que pode fazer com que eles tenham medo de que uma tempestade esteja chegando.

Causas e gatilhos de ansiedade sonora em cães

Um Collie está sentado em um deserto no sul do Colorado enquanto uma tempestade se aproxima.

Determinar o que causou a ansiedade do seu cão com o barulho pode ser difícil de identificar. No entanto, você pode ser capaz de rastrear o início da ansiedade do seu cão a um incidente traumático, como estar muito perto de um show de fogos de artifício ou muito perto de um relâmpago e seu subsequente trovão.

Aqui estão alguns gatilhos de ansiedade comuns em cães:

  • Trovoadas
  • Fogos de artifício
  • Reuniões barulhentas
  • Sons de televisões, rádios ou outros dispositivos
  • Bipes de aparelhos eletrônicos, como temporizadores, alarmes de fumaça ou sistemas de segurança doméstica
  • Alarmes de incêndio
  • Sirenes de alerta, como sirenes de tornado
  • Ambulâncias, carros de polícia ou caminhões de bombeiros
  • Tráfego de carros ou aviões
  • Outros cachorros latindo

Seu cão também pode ter uma predisposição genética para ansiedade pelo ruído. Estudos mostraram que a ansiedade pelo ruído aparece em algumas raças, como Collies, Golden Retrievers e Pastores Alemães, mais do que outras.

Para alguns cães, a ansiedade pelo ruído aparece gradualmente e piora à medida que envelhecem sem razão aparente. Para outros cães, aparece na fase de filhote e permanece com eles.

Uma coisa com a qual a maioria dos especialistas concorda quando se trata de ansiedade pelo ruído é que acariciar, mimar ou consolar o cão quando ele está apresentando sintomas pode piorar o problema. Seu cão provavelmente interpretará seu comportamento como: 'Veja, eu tenho algo com que me preocupar!'

É importante que as pessoas ao redor do cão se comportem normalmente durante os eventos que desencadeiam a ansiedade do cão. Na verdade, uma possível causa para a ansiedade do ruído em primeiro lugar é o nervosismo ou medo de algum tipo de ruído por humanos de cães.

A maioria dos cães é muito sensível ao humor de seus humanos. Se um dos pais do animal de estimação tem medo de trovão, o cão pode perceber e também desenvolver um comportamento de medo.

Tratamentos para ansiedade por ruído em cães

Lindo filhote de cachorro vizsla húngaro de 2 meses de idade dormindo em sua cama confortável com cobertor branco.

Antes de tentar tratar seu cão por conta própria para ansiedade com o barulho,você deve consultar o seu veterináriopara um diagnóstico profissional e aconselhamento sobre tratamento.

Diferentes tratamentos funcionam para cães diferentes. Não há garantia de que qualquer alternativa seja a melhor para o seu cão. Seu veterinário pode ajudá-lo a explorar suas opções com segurança.

Além da eficácia na redução dos sintomas, há outras questões a serem consideradas ao avaliar qual tratamento pode funcionar melhor. Alguns tratamentos podem consumir muito tempo para os pais dos animais de estimação. Outros tratamentos podem se tornar muito caros e apresentar riscos de efeitos colaterais.

Também não é incomum que uma combinação de tratamentos seja, em última análise, a mais eficaz para um cão em particular. Aqui estão cinco opções que você deve discutir com seu veterinário.

1. Mudar o ambiente do cão

Há “bom senso”, coisas simples que você pode tentar, se possível para suas circunstâncias. Aqui estão algumas mudanças ambientais fáceis que você pode fazer para conter a ansiedade do seu cão:

  • Crie um refúgio seguro para o seu cão, como um cobertor cobertocaixoteou encontre um local que reduza o nível de ruído.
  • Ligue uma música suave ou a televisão para ajudar a mascarar o som do ruído problemático.
  • Se você sabe que um evento está chegando, como uma tempestade ou fogos de artifício, dê a seu cão bastante exercício com antecedência. Isso pode ajudar a queimar energia que, de outra forma, iria para comportamentos ansiosos.

Nenhuma das opções acima geralmente mostra resultados dramáticos, mas podem ajudar a reduzir os sintomas.

2. Envoltórios de pressão

Este é um tratamento surpreendentemente simples e eficaz para muitos cães. Um 'envoltório de pressão' é qualquer coisa que envolve o torso e o peito do cão para fornecer uma pressão suave e constante.

Por que isso funciona? Ninguém sabe ao certo, mas é provável que seja uma combinação de fazer o cão se sentir confortável e seguro, enquanto o distrai de se concentrar no que ele teme.

Você pode tentar fazer uma com uma camiseta de tamanho apropriado ou comprar umaThundershirt. Os envoltórios de pressão geralmente mostram bons resultados com o primeiro uso, no entanto, alguns cães requerem dois, três ou mais usos antes de você notar a redução ou eliminação dos sintomas.

3. Modificação de comportamento

A dessensibilização é o mais comum comportamento modificação tentada para ansiedade de ruído.

Resumindo, você começa expondo seu cão a um baixo nível de ruído que o incomoda em um ambiente controlado. À medida que eles se acostumam, você aumenta os níveis cada vez mais alto com o tempo, até que eles aprendam a tolerar o negócio real.

Se você quiser tentar, várioslivros estão disponíveissobre o assunto. No entanto, é melhor consultar o seu veterinário e possivelmente um especialista em comportamento de animais para obter os resultados mais eficazes.

4. Medicamentos

Se a ansiedade do seu cão for séria o suficiente, há uma variedade de medicamentos prescritos que seu veterinário pode sugerir.

Alguns são administrados regularmente durante a vida do cão. Alguns são dados apenas no momento de um evento de ansiedade. Às vezes, uma combinação de drogas é usada.

Se você seguir esse caminho, certifique-se de perguntar ao seu veterinário sobre quaisquer riscos e efeitos colaterais potenciais com os medicamentos que você está considerando.

Muitos pais de animais de estimação usam medicamentos sem receita, como Benadryl para sedar seus cães. Você não deve fazer isso sem primeiro consultar o seu veterinário.

5. Feromônios e suplementos

Alguns pais preferem tratar seus cães com remédios mais naturais, que podem incluir feromônios e suplementos destinados a manter os cães calmos. Estes podem apresentar alternativas à medicação que muitas vezes não causam tantos efeitos colaterais.

Diversos produtos no mercado emitemferomônios naturaisque pode ter um efeito calmante e tranquilizador nos cães. Eles podem vir na forma de colares, difusores, sprays e muito mais.

Muitossuplementos calmantesna forma de mastigações, aditivos ou gotas também podem ajudar alguns cães. Peça recomendações ao seu veterinário.

O seu cão fica ansioso com ruídos altos, como trovões ou fogos de artifício? Como você os ajuda a ficar calmos? Deixe-nos saber nos comentários abaixo!

Clique nos links em negrito do artigo para comprar seu cachorro e apoiar nosso conteúdo!