Higiene bucal: prevenção de doenças gengivais e problemas sérios

Higiene bucal: prevenção de doenças gengivais e outros problemas graves

Quando se trata de cuidar da saúde de seus cães, a maioria dos donos de animais pensa em vacinas, visitas regulares ao veterinário, alimentos nutritivos e exercícios. Infelizmente, um regime de higiene bucal não é uma prioridade para eles. Mas deveria ser: 4 em cada 5 cães com mais de três anos desenvolvem doença periodontal.

Cuidado bucal: é mais importante do que apenas dentes brancos

O fato de tantos cães eventualmente desenvolverem doença periodontal é surpreendente. Mas, em alguns casos, o problema pode ser ainda mais sério: foi demonstrado que a doença periodontal, se não tratada, está associada ao desenvolvimento de outros problemas graves de saúde para um cão. Isso acontece porque as bactérias da boca podem entrar na corrente sanguínea e se espalhar para o coração, pulmão, rins e outros órgãos.



Então, como você pode ver, cuidados dentários para cães é mais do que apenas hálito fresco e dentes brancos.

Como começam os problemas de dentes e gengivas

Cada vez que seu cão come, partículas de comida grudam em seus dentes - e onde há comida, há bactérias. Se não forem removidos, as partículas de alimentos se misturam com a saliva e as bactérias para formar a placa.

Em poucos dias, a placa calcifica e endurece em tártaro (às vezes chamado de cálculo). O tártaro também proporciona um local para o acúmulo de placa bacteriana, o que pode irritar as gengivas e resultar em uma condição comum conhecida como gengivite.

Os sinais de alerta de gengivite incluem:

• Mal hálito

• Vermelhidão e inchaço das gengivas onde encontram os dentes

• Sangramento das gengivas

A gengivite, ou inflamação das gengivas, é um estágio inicial da doença periodontal. Depois que a gengivite se desenvolve, as gengivas começam a recuar e se separar dos dentes. O espaço entre eles pode ser preenchido com ainda mais alimentos e bactérias, agravando o problema. A gengivite é reversível com cuidados bucais adequados. Se não for tratada, entretanto, a gengivite pode progredir para periodontite, um estágio não reversível da doença periodontal. Essa condição pode resultar em perda óssea e dentária, bem como em infecção. Então, como você pode ver, é importante começar uma rotina de higiene bucal no início da vida do seu cão - e então mantê-la diariamente.

Dicas para melhores cuidados bucais

Escovação diária: A melhor maneira de ajudar a manter os dentes do seu cão limpos é escová-los diariamente. Você encontrará uma variedade de escovas de dente especialmente projetadas para cães em sua loja local especializada em animais de estimação, ou você pode usar uma escova de dente humana muito macia. Mas certifique-se de usar apenas pasta de dente desenvolvida para cães. A pasta de dente feita para humanos contém flúor e detergentes que podem ser prejudiciais quando ingeridos por seu cão.

Exames veterinários regulares e limpezas:Além de escovar os dentes, exames dentários regulares e limpezas pelo veterinário ajudarão a manter a boca do seu cão saudável. Seu veterinário pode ajudar a detectar e tratar os problemas antes que se tornem mais graves.

O papel da dieta na melhor higiene bucal

O que você dá a seu cão pode ter um impacto significativo na saúde de seus dentes e gengivas.

Dieta adequada:Estudos mostram que, em geral, os alimentos secos ajudam a manter os dentes limpos, reduzindo a placa bacteriana e o acúmulo de tártaro nos dentes. As novas receitas para adultos PEDIGREE Food for Dogs apresentam uma ração em forma de X patenteada. Este formato especial foi desenvolvido com base em pesquisas de WALTHAM, A AUTORIDADE LÍDER MUNDIAL EM CUIDADOS COM ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO E NUTRIÇÃO - e ajuda a limpar os dentes até a linha das gengivas enquanto seu cão mastiga.

Além disso, você pode alimentar seu cão com lanches e guloseimas de higiene bucal especialmente concebidos, como guloseimas PEDIGREE DentaStix para cães. Essas guloseimas são clinicamente comprovadas para reduzir o acúmulo de tártaro em até 80%.

Evite alimentar seu cachorro com restos de comida: Seu cão pode adorar restos de comida, mas a comida humana fornece calorias extras e aumenta o acúmulo de placa bacteriana e tártaro nos dentes do seu cão.

Com cuidados bucais diários adequados e uma dieta saudável, você pode fazer uma diferença positiva na saúde dos dentes e gengivas do seu cão. Além disso, você deve manter uma programação regular de consultas com o veterinário. Seu veterinário examinará os dentes e gengivas do seu cão e os tratará, se e quando necessário. Se você notar sinais de gengivite ou doença periodontal na boca do seu cão, marque uma consulta com seu veterinário imediatamente.