Peritonite (inflamação da cavidade abdominal) em cães: sintomas, causas e tratamentos

Um cachorro beagle descansando no sofá

A peritonite em cães é uma condição em que o peritônio, que é a membrana fina e aquosa que reveste a cavidade abdominal, fica inflamado. Isso acontece quando a cavidade abdominal sofre uma lesão, que pode ser causada por trauma físico, doença, úlcera estomacal ou outros problemas.

A causa mais comum é a infecção bacteriana que chega ao abdômen a partir de uma ferida externa ou da perfuração de um órgão interno. Um cão afetado pode parecer estar bem e, de repente, ficar doente. A condição geralmente é dolorosa e a maioria dos cães mostra sinais de desconforto quando tocados no abdômen.



Se você observar sinais de peritonite em seu cão, procure seu veterinário para um diagnóstico e tratamento adequados, pois pode ser uma condição potencialmente fatal.



Aqui está o que você deve saber sobre os sintomas, causas e tratamentos para peritonite em cães.

Sintomas de peritonite em cães

Basset hound triste com olhos de cores diferentes.

Na maioria dos casos, os sintomas de peritonite em cães são fáceis de reconhecer. Seu cachorro pode parecer bem e, de repente, ficar muito doente. Eles quase certamente mostrarão sinais de dor quando você tocar em seu abdômen.



Se você observar um ou mais dos seguintes sintomas em seu cão, consulte o seu veterinário imediatamente:

  • Febre
  • Vômito
  • Diarréia
  • Bancos pretos
  • Anorexia
  • Letargia
  • Fraqueza
  • Dor abdominal
  • Tomando posições incomuns para aliviar a dor
  • Pressão sanguínea baixa
  • Aumento da frequência cardíaca
  • Taxa de respiração aumentada
  • Temperatura corporal baixa
  • Gengivas pálidas
  • Icterícia
  • Inchaço no abdômen
  • Ascite
  • Arritmia

Causas de peritonite em cães

Cachorro deitado no chão, homem parado no fundo, seção baixa

Existem várias causas possíveis de peritonite em cães. O mais comum é a infecção bacteriana que se move para o abdômen de uma ferida externa ou órgão perfurado, mas há muitos outros fatores que podem levar a essa condição.

Aqui estão algumas das possíveis causas de peritonite em cães:



  • Tumor intestinal ou estomacal que rompe o intestino
  • Úlcera estomacal ou intestinal, que pode ser causada por medicamentos antiinflamatórios
  • Abscesso hepático
  • Inflamação pancreática
  • Vesícula biliar ou ducto biliar rompido
  • Bexiga rompida
  • Cólon perfurado
  • Útero rompido
  • Apêndice rompido
  • Diverticulite
  • Doença hepática, cardíaca ou renal
  • Contaminação química
  • Cistos de próstata
  • Ferida ou lesão no abdômen

Tratamentos para peritonite em cães

Veterinário com cachorro na mesa de operação

O tratamento da peritonite em cães pode começar com hospitalização se a condição for grave. O veterinário pode administrar fluidos intravenosos ao cão e, se o cão precisar de suporte nutricional, ele pode colocar um tubo de alimentação no trato digestivo ou administrar alimentos por meio de injeção.

Dependendo da gravidade e da causa da condição, o veterinário pode precisar realizar uma cirurgia. Isso é especialmente verdadeiro nos casos em que uma infecção bacteriana ou contaminação química é a causa da peritonite.

A cirurgia para essas condições envolve lavar o abdômen com solução salina. No entanto, muitos cães não se recuperam deste tipo de peritonite, pois é bastante fatal.

Os cães afetados provavelmente precisarão de mudanças na dieta para ajudar na retenção de líquidos. Os veterinários costumam prescrever uma dieta com baixo teor de sódio, especialmente para cães com doenças cardíacas. Os veterinários também podem prescrever medicamentos, incluindo antibióticos ou medicamentos para controlar a dor.

Além disso, os cães precisarão de visitas ao veterinário de acompanhamento para garantir que não haja sintomas recorrentes.

Você já teve um cachorro que sofreu de peritonite? Como o seu veterinário o tratou? Deixe-nos saber nos comentários abaixo!