Mês de conscientização sobre a prevenção do veneno em animais de estimação: as dez principais dicas de prevenção de veneno para cães

cachorro no sofá com bicho de pelúcia

Março é o Mês Nacional de Conscientização sobre a Prevenção de Veneno para Animais de Estimação, e a terceira semana inteira de março é a Semana Nacional de Prevenção de Veneno para Animais. Em 2020, começa em 15 de março.

É um momento importante para aprender sobre algumas maneiras cruciais de garantir que nossos cães tenham uma vida segura e feliz. Então, vamos falar sobre maneiras de mantê-los protegidos contra envenenamento acidental.

Embora não seja algo que gostemos de pensar, nossos animais de estimação podem ser envenenados por uma variedade de itens dentro e ao redor de nossa casa.



Lembre-se, se você suspeitar que seu cachorro está sofrendo de envenenamento,ligue para o seu veterinário de emergência imediatamente. Você também pode ligar para o Centro de Controle de Venenos para Animais 24 horas ASPCA em 888-426-4435 ou para a Linha Direta de Venenos para Animais de Estimação em 855-764-7661. Você pode ser cobrado por esses serviços, mas se a vida do seu cachorro estiver em risco, vale a pena.

Aqui estão dez dicas de veterinários e especialistas discutindo quais itens são venenosos para seus cães e como mantê-los seguros.

1. Tenha um kit de prevenção de veneno para animais de estimação

É importante garantir que cada proprietário de animal de estimação tenha um kit de prevenção de veneno para animais de estimação.

Você pode pensar que é o dono de animal de estimação mais seguro do mundo, que nunca deixaria nada acontecer ao seu cão. No entanto, é sempre melhor prevenir do que remediar.

Alguns dos itens que o kit deve incluir são:

  • detergente líquido para lavar louça
  • luvas de borracha
  • peróxido de hidrogênio
  • uma seringa de bulbo
  • solução salina para os olhos
  • pinças

Confira o vídeo acima para saber mais sobre este importante kit. Lembre-se de que estar excessivamente preparado para um acidente é melhor do que não ter nada pronto.

2. Trancar itens domésticos venenosos longe

No vídeo acima, Robert do Grady Veterinary Hospital oferece uma visão geral de diferentes utensílios domésticos que podem ser perigosos para seu cão. Os três casos mais comuns com os quais ele lidou são chocolate, goma de mascar e uvas / passas.

Ele também explica por que esses itens são perigosos e explica como certos ingredientes fazem seus animais terem uma reação tóxica e quais são os sintomas da reação.

Você deve fazer uma lista desses itens para mantê-los longe do seu animal de estimação. Tranque-os em um armário ou área onde seu cão não possa chegar.

3. Esteja ciente de venenos desconhecidos

Embora existam venenos comuns para cães, como chocolate, alguns itens domésticos que você nem pensaria são necessários para esconder do seu cão.

Café e pó de café, se ingeridos por cães, podem causar uma reação grave. Cebola ou mesmo cebola em pó podem causar danos ao fígado.

Além disso, produtos como lençóis de amaciante e baterias são venenosos. As baterias são especialmente perigosas porque, se mastigadas, liberam o ácido da bateria. E os cães adoram mastigar.

4. Remova as plantas venenosas de sua casa

Bens domésticos e alimentos humanos não são o único perigo sério para os cães. Certas plantas também podem causar envenenamento.

Essas plantas, como sagu palm, loendro, azaléia e bulbos da primavera, são venenosas e devem ser mantidas longe de seus animais de estimação. Só pode ser necessária uma ou duas folhas para causar envenenamento em um cão.

Alguns sinais de envenenamento incluem vômitos, salivação, diarréia, coração arritmia e condições neurológicas.

Certifique-se de verificar as plantas em toda a sua casa, pois algumas podem ser fatais para os cães quando ingeridas.

5. Cuidado com os perigos do jardim

É inevitável que seu cachorro saia de casa por toda a vida. Seja em seu quintal ou passeando pela vizinhança, seu cachorro ainda precisa ficar seguro.

Vários itens usados ​​para jardinagem podem ser extremamente perigosos para os cães. Coisas como fertilizantes, venenos para ratos e camundongos e inseticidas podem ser mortais.

O vídeo acima dá uma boa explicação das etapas que você deve seguir se produtos de jardinagem forem ingeridos, o que inclui ligar para o seu veterinário antes de tratar qualquer coisa.

6. Guarde o chocolate apenas para humanos

A esta altura, todo mundo provavelmente já ouviu falar que o chocolate é venenoso para os cães. É tão sabido que, mesmo se você não tiver um cachorro, provavelmente já sabe disso.

No entanto, seu cão pode ter engolido algumas migalhas de chocolate no chão em algum momento e ainda estar bem. Você pode estar se perguntando - por que isso?

Isso porque, como a toxicologista veterinária Dra. Tina Wismer explica acima, é mais sobre a quantidade ingerida do que o chocolate real. A combinação do peso do cachorro, da quantidade de chocolate e do tipo de chocolate pode fazer a diferença.

Dito isso, você pode evitar se preocupar simplesmente mantendo o chocolate fora do alcance do seu cão. Se o seu cachorro comer acidentalmente um pouco de chocolate, ligue para o veterinário imediatamente. Deixe-os saber exatamente o que seu cão comeu e quanto.

7. Cuidado com o envenenamento por anticongelante

O problema com o anticongelante é que ele tem um sabor muito doce para seu cão. Se seu cão ingere anticongelante derramado ou aberto, você precisará tomar medidas imediatas, pois pode causar problemas críticos e até a morte.

Se você notar um líquido esverdeado em sua garagem, provavelmente é anticongelante. O ingrediente ativo do anticongelante é o etilenoglicol, por isso tem um sabor doce. Também é encontrado em globos de neve.

Lembre-se de que apenas três colheres de sopa de anticongelante podem matar um cachorro. Assista a este vídeo para ver como ajudar um cachorro com esse tipo de envenenamento.

8. Não deixe seu cachorro perto de medicamentos humanos

A maioria das ligações para a linha direta de envenenamento de animais de estimação envolve cães que tomaram medicamentos humanos.

Embora você possa pensar que a maioria das pessoas armazena medicamentos para humanos longe de animais de estimação, na maioria das vezes os donos dão medicamentos para humanos a seus cães sem perceber que isso terá um efeito diferente em cães do que eles próprios. Isso ocorre porque os animais de estimação têm um tipo de metabolismo diferente do dos humanos.

O envenenamento acidental também pode ocorrer se você tiver o medicamento do seu animal armazenado junto com o seu. Você pode misturá-los por acidente.

Drogas perigosas para o seu cão incluem antiinflamatórios não esteróides, antidepressivos, soníferos, anfetaminas, paracetamol e naproxeno sódico.

9. Mantenha esses alimentos mortais longe

Angela descobriu da maneira mais difícil quando seu cão foi envenenado por algo que ela nem sabia que era venenoso para cães, uvas.

Seu cachorro Rio comeu algumas das uvas secas em seu balcão, e logo Rio estava sofrendo de insuficiência renal aguda. Rio sobreviveu, mas ela pode não ter tido tanta sorte.

Os danos que certos alimentos causam aos cães podem mudar dependendo da raça, do peso e do que comem. Alguns dos alimentos humanos perigosos mais comuns para cães incluem uvas e passas, cebola, alho e nozes de macadâmia.

Enquanto o chocolate pode causar problemas cardíacos, uvas e passas podem causar insuficiência renal.

10. Verifique se há riscos de bolsa

Você poderia passar horas protegendo os cães de toda a sua casa, mas uma coisa que pode esquecer de verificar é a sua bolsa.

Se você chegar em casa e deixar sua bolsa no sofá, pode não perceber que é um perigo esperando para acontecer. Advil, um inalador para asma, balas e chicletes, e até anticoncepcionais são itens que você não quer que seu cão pegue.

É sempre mais seguro pendurar a bolsa onde está fora do alcance do seu cão porque algo como chiclete sem açúcar, que provavelmente está na sua bolsa, pode até causar insuficiência hepática.

Quais são algumas maneiras de proteger sua casa com um cachorro para evitar envenenamento acidental? Você ajudará a divulgar essas dicas para o Mês Nacional de Prevenção de Veneno para Animais de Estimação? Deixe-nos saber e deixe um comentário abaixo!