Cuidados dentários adequados podem ajudar seu cão a ter uma vida mais longa e saudável

Uma mulher inspeciona os dentes de um Golden Retriever.

Fevereiro é o mês nacional da saúde bucal para animais de estimação! É um mês importante porque muitos pais de animais de estimação nunca olham para dentro da boca de seus cães. Isso é uma pena, porque até 80 por cento dos cães adultos têm patologia oral significativa.

A boca de um cachorro é a incubadora ideal para todos os tipos de bactérias se desenvolverem, em parte porque a boca é quente e úmida e tem nutrientes presentes para os organismos crescerem. Muitas dessas bactérias são normais e saudáveis.

No entanto, quando a placa bacteriana e o tártaro se formam nos dentes, as coisas podem ficar desequilibradas rapidamente. Se os organismos patogênicos proliferarem, é um grande problema para o seu amigo canino. Aqui estão algumas coisas para manter em mente e compartilhar com outros amantes de cães durante o Mês Nacional da Saúde Bucal para Animais de Estimação!



Má saúde dentária significa má saúde geral

Um retrato do Parson Terrier na frente de um fundo branco. O terrier

O mau hálito pode ser um indicador de um problema, mas os efeitos da má saúde dental vão muito além do 'hálito canino' e representam um grande risco para a saúde geral e longevidade do seu cão.

Problemas de saúde bucal podem levar a doenças cardíacas, hepáticas e renais. Isso porque as toxinas da doença periodontal são absorvidas pela corrente sanguínea dos animais. Como os rins, o fígado e o cérebro trabalham para filtrar o sangue, ocorrem pequenas infecções, causando danos permanentes e às vezes fatais aos órgãos.

Muitos pais de animais de estimação parecem surpresos quando um exame veterinário de rotina aponta para eles que os dentes de seus cães estão frouxos ou doloridos, as gengivas estão infectadas ou as cavidades dos dentes estão apodrecendo. Essas condições podem ser extremamente dolorosas para o animal. É por isso que é tão importante acompanhar os exames dentários e veterinários regulares.

Não negligencie os cuidados em casa também. Um veterinário especializado em cuidados dentários caninos explica simplesmente, dizendo: “Quando um cliente me pergunta quanto tempo seu cachorro vai viver, geralmente respondo de 15 a 17 anos se você escovar os dentes diariamente - onze a 13 anos se não. ”

Essa é uma declaração poderosa que aponta sem rodeios o quão importante é realmente o cuidado dentário adequado para o seu cão.

Seu cão precisa de um profissionalELimpeza de dentes em casa

Um filhote de Labrador faz um exame odontológico no veterinário enquanto seu dono o segura.

Ter seu veterinário para tratar a doença periodontal existente e dar a seu cão os devidos cuidados de higiene doméstica fará toda a diferença. A maioria dos cães responde bem devido à diminuição da dor e infecção. Qualquer coisa que você puder fazer para prevenir problemas orais vale o seu tempo e esforço.

Como você começou? Comece uma rotina de cuidados dentários o mais cedo possível na vida do seu cão para que ele se acostume. A maioria dos veterinários fica feliz em dar aulas de escovação e costumam levar escovas e pastas de dente feitas especificamente para cães.

Escolha a escova e pasta de dentes certas

Um homem idoso escova um cachorro

Certifique-se de selecionar um tamanho de pincel que seja apropriado para a boca do seu animal de estimação e certifique-se de que ele tenha cerdas macias. Alguns cães não toleram uma escova. Se for esse o caso, existem ferramentas de limpeza alternativas que você pode usar.

Considere umescova de ponta de dedoou gaze enrolada em um dedo.

Não use pasta de dente humana! Não é saboroso para os cães, mas o mais importante é que é espumoso e deve ser enxaguado e não engolido.

Cremes dentais para animaisformulados para cães são enzimáticos, o que significa que oferecem maior ação de limpeza tanto na placa quanto nos restos de comida, e podem ser engolidos.

A maioria dos cães prefere cremes dentais com sabor de carne, como carne ou frango. Comece com uma pequena amostra para encontrar um sabor que seu cão goste.

Comece sua rotina de cuidados em casa

Uma jovem limpa seu labrador

Quando você começar o atendimento odontológico em casa, tenha cuidado e vá devagar para evitar ser mordido se seu cão for resistente e gentil para evitar ferir a boca de seu cão.

Comece com uma pequena quantidade de pasta de dente para permitir que o animal se acostume, deixando-o cheirar e saborear enquanto o encoraja com elogios.

Adicione a escova ou ferramenta de limpeza quando se sentir confortável e seu cão souber o que esperar. Não se preocupe muito em escovar o interior dos dentes com a língua, pois essa área é limpa com saliva.

Escove delicadamente com pinceladas começando na gengiva.

Foco na dieta e mastigações seguras

Um Cocker Spaniel leva uma recompensa de seu dono

Ossos e brinquedos para mastigar também podem ajudar a manter os dentes limpos.

Brinquedos dentários kongsão duráveis ​​e não consumíveis. Apenas certifique-se de escolher um tamanho apropriado para o seu cão.

Também há uma variedade de biscoitos e guloseimas para o controle do tártaro, comoGreenies, mas esteja atento às calorias e ao peso geral do seu cão ao usá-las.

Alguns alimentos para cães são formulados para promover uma boa saúde oral. A comida caseira para cães também pode ser benéfica se preparada de forma adequada. Verifique com seu veterinário para formular uma dieta apropriada para a saúde bucal de seu cão.

Uma das melhores maneiras de garantir uma saúde bucal ideal é alimentar seu cão com uma ração balanceada à base de carne. A carne realmente ajuda a manter o ambiente bucal saudável. Juntamente com guloseimas para mastigar que requerem algum 'exercício' dos dentes e escovações regulares, você estará melhorando a saúde bucal e o bem-estar geral do seu cão.

Como você mantém a boca do seu cão em boa saúde? Você acompanha as limpezas dentais profissionais e em casa? Deixe-nos saber nos comentários abaixo!