Hipertensão pulmonar em cães: sintomas, causas e tratamentos

Bulldog Inglês (Canis lupus familiaris) em repouso

A hipertensão pulmonar em cães ocorre quando há pressão arterial mais alta do que o normal nas artérias e capilares dos pulmões. Isso pode ocorrer quando as artérias dos cães começam a se estreitar, ficam obstruídas ou recebem muito fluxo sanguíneo.

A hipertensão pulmonar pode fazer com que partes do coração aumentem de tamanho ou funcionem de maneira anormal, o que resulta em menos sangue oxigenado sendo bombeado pelo corpo dos cães.

Os sintomas podem incluir dificuldade para respirar, pele azulada e intolerância aos exercícios. Eventualmente, o sangue pode começar a se acumular no corpo e os cães podem sofrer de insuficiência cardíaca congestiva.



Se você vê sinais de hipertensão em seu cão, então você deveconsulte um veterináriopara um diagnóstico e tratamento adequados. Aqui está o que você deve saber sobre os sintomas, causas e tratamentos para hipertensão pulmonar em cães.

Sintomas de hipertensão pulmonar em cães

Cachorro deitado descansando

Os sintomas de hipertensão pulmonar em cães surgem quando o sangue não fornece oxigênio suficiente dos pulmões para o resto do corpo. Se não for tratado,pode ser fatal.

Aqui estão alguns sinais de que um cão pode estar sofrendo de hipertensão pulmonar:

  • Dificuldade ao respirar
  • Intolerância ao exercício
  • Tossindo
  • Cuspindo sangue
  • Pele azulada ou arroxeada
  • Abdômen alargado
  • Veias distendidas no pescoço
  • Sopro cardíaco
  • Perda de peso
  • Fadiga
  • Desmaio
  • Morte súbita

Causas da hipertensão pulmonar em cães

Close-up de um gato dormindo

Existem várias causas possíveis de hipertensão pulmonar em cães. Condições que afetam os pulmões, o coração ou o sangue podem levar à hipertensão. É importante obter o diagnóstico de um veterinário para que eles possam tratar a doença subjacente.

Aqui estão algumas causas possíveis de hipertensão pulmonar em cães:

  • Obstrução do vaso sanguíneo
  • Pneumonia
  • Bronquite
  • Câncer
  • Síndrome de dificuldade respiratória do adulto
  • Problemas da glândula adrenal
  • Doença renal
  • Inflamação pancreática
  • Doenças imunomediadas
  • Doença cardíaca
  • Dirofilariose
  • Infecções
  • Obesidade
  • Vivendo em grandes altitudes

Tratamentos para hipertensão pulmonar em cães

Veterinário examinando um cachorro com um estetoscópio

O tratamento da hipertensão pulmonar em cães depende da gravidade da condição e do que a está causando.

Se um cão estiver com graves dificuldades respiratórias, um veterinário pode hospitalizá-lo e administrar oxigenoterapia, bem como medicamentos para dilatar as vias respiratórias e permitir que mais ar passe. Outros medicamentos podem ajudar a remover fluidos dos pulmões ou tratar a insuficiência cardíaca congestiva.

Depois que os sintomas estiverem sob controle, os cuidados devem continuar em casa. Isso inclui manter os cães em um ambiente sem estresse e reduzir a pressão física.

Cães com hipertensão pulmonar devem evitar frio ou calor extremos, bem como ar seco, fumo passivo e grandes altitudes. Pode ser necessário restringir a atividade e uma dieta com baixo teor de sódio pode ser prescrita.

Se um veterinário encontrar as causas subjacentes, talvez elas também precisem ser tratadas. O tratamento para infecções pode incluir antibióticos ou outros medicamentos. Doenças dos rins, coração, glândulas supra-renais e sistema imunológico exigirão monitoramento e cuidados rigorosos. Dirofilariose e algumas formas de câncer podem precisar de tratamento cirúrgico adicional.

Os cães também precisam de exames veterinários de acompanhamento para controlar a pressão arterial e garantir que o coração funcione corretamente. Danos ao coração ou pulmões podem ser irreversíveis e o tratamento pode se concentrar mais em deixar os cães confortáveis ​​do que em curá-los.

Seu cão tem hipertensão pulmonar? Como você mantém os sintomas sob controle? Deixe-nos saber nos comentários abaixo!