Micose em cães: sintomas, causas e tratamento

Um cachorrinho com o nariz dolorido. Isolado em branco.

Micose em cães, também conhecida como dermatofitose, é uma infecção fúngica parasitária da pele, cabelo ou unhas. Embora a infecção seja superficial e não seja fatal, é importante começar o tratamento imediatamente, pois o fungo é altamente contagioso e pode se espalhar entre caninos, outros animais e humanos.

Apesar do nome, a micose não é realmente um verme. O “anel” na micose se refere às lesões redondas e vermelhas que costumam aparecer com a infecção, mas essas lesões nem sempre têm o formato de um anel.

Qualquer contato com o fungo pode causar infecção. Se você observar sinais de micose em seu cão, consulte o seu veterinário. Eles formarão um plano de tratamento que provavelmente incluirá medicamentos tópicos para combater a infecção.



Aqui está o que você deve saber sobre os sintomas, causas e tratamentos para micose em cães.

Sintomas de micose em cães

Cachorro com cone deitado no saguão da clínica veterinária

Os sintomas da micose em cães geralmente aparecem na pele e no cabelo no local da infecção. Se você ver esses sinais, entre em contato com seu veterinário imediatamente. Embora a micose não seja uma ameaça à vida, ela precisará ser tratada rapidamente porque é muito contagiosa.

Aqui estão alguns sintomas associados à micose.

  • Descamação da pele que se parece com caspa
  • Perda de cabelo
  • Cabelo seco ou quebradiço
  • Anéis de pele inflamada ou pequenas lesões redondas
  • Escoando de lesões
  • Pele vermelha ou escurecida
  • Inflamação ao redor das garras
  • Rugosidade ou fragilidade nas garras

Causas de micose em cães

Parque de cães

A micose em cães resulta do contato com o fungo, mas existem muitas maneiras pelas quais um cão pode ser exposto a ele. O fungo pode permanecer dormente por até 18 meses, o que torna difícil evitá-lo e eliminá-lo.

Cães com sistema imunológico comprometido apresentam maior risco de infecção. Alguns cães não apresentam nenhum sintoma, mas ainda podem ser portadores da doença e infectar outros cães.

Locais onde existem vários animais próximos, como canis ou abrigos, tornam a disseminação da micose mais provável. Carrapatos ou outros animais também podem carregar o fungo.

O contato com roupas de cama, pratos ou qualquer material de um animal infectado também dissemina a infecção. Tapetes, carpetes, móveis ou qualquer lugar que cabelo de cachorro pode coletar pode abrigar micose, por isso é importante limpar completamente qualquer área que um cão infectado tenha tocado.

Tratamento para micose em cães

Mulher limpando cachorro dormindo

O tratamento para a micose em cães não se trata apenas de curar a infecção. Também envolve limpar o fungo dos espaços e ambientes de vida dos cães.

Seu veterinário ajudará a traçar um plano para tratar a doença e aconselhá-lo sobre como esterilizar sua casa para que a micose não volte ou se espalhe para você e outros animais de estimação.

Pomadas tópicas são freqüentemente prescritas para limpar a infecção. Eles podem ser usados ​​junto com o shampoo medicamentoso em casos de infecção grave. Seu cão pode ter que usar uma coleira elizabetana para evitar que lamber a área afetada e ingerir a pomada.

Alguns medicamentos antifúngicos também podem ser administrados por via oral. Siga atentamente as instruções do seu veterinário e não interrompa o regime de medicamentos até que o seu veterinário diga para fazer isso, mesmo que pareça que a infecção tenha desaparecido.

Enquanto seu cão estiver infectado, você pode querer mantê-los em quarentena em um cômodo ou área de sua casa que seja fácil de limpar. Os cães podem permanecer contagiosos por cerca de três semanas, e os esporos microscópicos que se agarram ao cabelo do seu cão podem se espalhar facilmente.

Você precisará completamente limpe sua casa e qualquer lugar onde o cabelo do seu cachorro possa ter caído . O cabelo é mais fácil de limpar em pisos de madeira ou de cerâmica, então você deve considerar manter seu cão em um cômodo sem tapetes ou carpetes.

Aspire com frequência e certifique-se de que todos os móveis estejam limpos. Usar capas de móveis laváveis ​​pode ajudar. Lembre-se de que os esporos de fungos podem permanecer dormentes por 18 meses, então limpe cuidadosamente.

Seu cachorro já teve micose? Como você tratou isso? Deixe-nos saber nos comentários abaixo!